Você não precisa de mais tempo, mas estabelecer prioridades

Você não precisa de mais tempo, mas estabelecer prioridades

Um dia de 48 horas, como muitos podem desejar, não os ajudaria a solucionar seus problemas se a forma de pensar e se portar diante deles não mudar.

Acredite, o que você precisa não é de mais tempo, mas de aprender a priorizar aquilo que realmente importa e vale a pena dispor da sua atenção no momento.

O que você realmente pode estar precisando é aprender a dizer NÃO para tantas atividades e tarefas e dedicar tempo ao descanso e à contemplação da própria vida.

Muita gente gasta tempo demais de vida para ganhar dinheiro e mal consegue utilizá-lo para a sua própria realização pessoal e para usufruir de maneira saudável.

Parte do dinheiro que ganham vai para cuidarem da própria saúde debilitada em razão dos excessos de atividades, de trabalho, de estresse, de compromissos assumidos sem o devido planejamento de como utilizarem melhor o tempo que dispõem, que é e será diariamente 24 horas.

O seu corpo não é uma máquina feita para trabalhar 24 horas por dia. Ele precisa de repouso para realizar os reparos necessários a fim de que você não fique doente e tenha a devida disposição para encarar novos desafios, além daqueles desafios já assumidos.

Mas se você é daqueles workaholics que vão tendo ideias e querem a todo custo colocá-las em prática imediatamente, ou ainda que não conseguem declinar educadamente de convites, propostas e compromissos que chegam até você, então prepare-se para dispor de mais e mais energia até você perceber o quão cansado poderá ficar em razão de não saber dizer não, e ainda correr o risco de sofrer com problemas de saúde.

Talvez o seu aprendizado seja justamente esse, descansar, parar. E o desafio é justamente perceber o quanto seu corpo e sua mente podem estar cansados de tantos desafios, de tantas atividades, de tantos estudos, em razão dessa sua rotina ter se tornado um hábito prejudicial na sua vida. E ficar sem tantas tarefas pode parecer para você um grande problema.

Muita gente, em razão da aceleração e do estresse a que estão submetidas, tem dificuldade em se deparar com o ócio positivo, que são aqueles momentos em que você se dedica a fazer nada, tirar uma soneca de tarde, dormir até mais tarde, assistir uma série, filme, passear e meditar. Deixar a mente quieta pode parecer devastador para quem se acostumou com o barulho e com a agitação. E ver alguém fazendo isso pode parecer uma afronta à sua programação mental de quem não aprendeu a valorizar o repouso, o descanso.

Pare! Esse ritmo frenético pode até lhe ajudar a atingir um objetivo imediato, mas gradualmente contribuirá para prejudicar a sua saúde, o seu bem-estar, sua qualidade de vida e felicidade. E o sentido da vida não é esse!

Aprenda a priorizar você e a sua paz. Dedique tempo do seu dia para descansar, para parar e até mesmo refletir em como tem gastado horas da sua vida em atividades que têm lhe estressado e prejudicado a sua saúde e a sua paz de espírito. Dedique tempo a atividades que elevem o seu estado de ser, ao invés de incitarem cada vez mais a sua ansiedade em cumprir prazos, metas, e em dar conta de atividades em razão de compromissos que você mesmo assumiu.

Aprenda a assumir menos atividades. Aprenda a aproveitar mais a vida e as belezas da vida. Afinal, é disso que a vida se trata, viver de forma plena e não pela metade.

Namastê!
Fernando Vidya

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

Solicite seu livro autografado!

Clique na imagem e saiba mais.

Fechar Menu